Jardim das Artes – Monet

Olá Amigos, Bem Vindos ao Jardim!

Através da Arte e suas manifestações muitos artistas retrataram jardins de diversas maneiras. Dentre eles com certeza Monet se destacou pela beleza poética repleta de luz que emociona muitos admiradores da sua arte.

Ninféias, Paisagem d’água, as nuvens – coleção Particular (Imagem Internet)
A Lagoa das Ninféias, de Claude Monet, em 1899

“A Lagoa das Ninféias” pertence a uma série de pinturas de Claude Monet em que o motivo central foi a paixão do pintor por jardins. Movido por esta paixão, Monet conseguiu autorização legal para desviar um trecho do rio Ru, que passava próximo à sua propriedade em Giverny, para formar um lago onde passou a criar flores e plantas aquáticas, e onde providenciou a construção de uma charmosa ponte estilo japonesa que acabou por inspirar uma obra de mesmo nome.


Ninféias, National Museum of Western Art – Tóquio (Imagem Internet)

A Ponte Japonesa, lago de ninféias, Princeton University Art Museum,
Princeton, New Jersey (Imagem Internet)

“Talvez eu deva às flores o fato de ter me tornado pintor”. Afirmava e ao se referir sobre as paisagens com ninféias que lhe inspiraram muitas obras. Monet, ainda escreveu: “ Estas paisagens refletidas tornaram-se para mim uma obrigação que ultrapassa as minhas forças, que são de um velhote. Mas, mesmo assim, quero chegar ao ponto de reproduzir aquilo que sinto… e espero que estes esforços sejam coroados de êxito”. E foram!

Claude Monet viveu até os 86 anos e está enterrado no jardim de sua casa em Giverny.
 Michel Monet, filho do pintor, legou em 1966 (ano de sua morte) à Academia de Belas Artes francesa a propriedade de Giverny, onde seu pai viveu por 43 anos. Em mau estado de conservação e com os jardins abandonados, a restauração do local só começaria 11 anos depois. Hoje é um lugar bastante visitado por turistas de todo o mundo, e tanto os belos jardins quanto o lago e a casa voltaram a seu aspecto original, com muitas flores, pássaros e toda a atmosfera conhecida através dos quadros do artista.

O Masp em São Paulo possui em seu acervo duas obras de Monet: A canoa sobre o Epte e A Ponte Japonesa sobre a lagoa de ninféias em Giverny, mas se puder ir `a França não deixe de visitar “A Casa de Monet em Giverny”.

Vista Parcial da fachada da Casa de Monet em Giverny (Imagem da internet)

À Bientôt.

Jardim das Artes – Monet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s